Reflexões #01


Pra mim é tão difícil escrever, fico pensando sobre qual assunto vou falar, quais palavras vou usar, tem que ser as melhores, fico pensando no que as pessoa que lerão o texto irão pensar sobre mim, e acaba não escrevendo nada.

Muitas vezes me deparo frente a tela do computador olhando aquele fundo branco, e as palavras vem e passam em minha cabeça, mas eu não as pego. Fico apreensivo pensando que não vou conseguir dissertar com qualidade sobre o assunto escolhido, fico imaginando pessoas lendo e me considerando um aspirante à escritor, blogueiro, crítico, sei lá.

Vendo isso, percebo que me preocupo muito com a opinião alheia, e acaba não expressando opiniões, e até mesmo meus sentimentos. Seria fácil eu dizer pra mim mesmo que não consigo escrever porque não vem nada a mente, mas não, eu tenho muitas coisas que queria escrever, todos os dias várias ideias, opiniões, críticas, entre outras coisas, vem em minha mente.

Se ao invés de ficar pensando em que palavras irei usar, se ao invés de ficar imaginando o que vão falar, eu só escrevesse simples e puramente o que me vem à mente, o que se passa em minha imaginação. Agora mesmo enquanto eu tentava escrever algo para publicar neste blog fiquei tentando pensar em que assunto ia ser melhor de dissertar, ou que as pessoas fossem se interessar e que tivesse palavras bonitas, mas não saiu nada. Então resolvi escrever, apenas passar os dedos sobre o teclado e escrever o que eu estava sentindo neste momento, no que eu estava pensando.

Espero no futuro consegui escrever com mais facilidade, pois, é tão bom poder colocar em algum lugar, além da minha imaginação, aquilo que penso.

Elinton Oliveira.

Visita à PCH Hidroluz – Imagens


Olá pessoal, faz um tempo que não apareço com novos posts aqui no blog, mas agora estou aqui.

Fiz esse post para compartilhar uma recente visita que eu e meus colegas do 4º período de Licenciatura em Matemática da Facimed fizemos a PCH Hidroluz, “PCH” significa: Pequena Central Hidrelétrica.

Para quem não sabe, uma Pequena Central Hidrelétrica ou simplesmente PCH, segundo definição da ANEEL, é uma usina de pequeno porte com capacidade instalada maior do que 1 MW e no máximo 30 MW. Outro limite da PCH é o tamanho de seu reservatório, que para ser classificada desta forma, não pode ultrapassar os 3 km². (fonte: Wikipédia).

Então não podemos necessariamente falar que uma empresa que gera energia a partir do fluxo de água é uma Usina, pois a UHE – Usina Hidrelétrica geram mais de 30MW e/ou reservatório com mais de 13Km2.

Então, voltemos ao post.

Foi uma aula de campo da disciplina de física II, com o intuito de nos mostrar como funciona a geração de energia de maneira sustentável. Observamos as turbinas do tipo Francis, foi nos informado também que a PCH Hidroluz funciona com o tipo Fio d’água, dessa maneira ela gera energia sem grandes reservatórios que utilizem grandes áreas.

Na PCH Hidroluz são usadas duas turbinas tipo Francis, que captam a água gerando 4800 kW de energia.

A Hidroluz sustenta também um projeto de Educação Ambiental, que tem como integrante o vocalista da bando Bioart, essa banda toca rock para conscientização ambiental.

Abaixo estão algumas imagens que reuni de nossa vista, curta e compartilhe.

Danças Afro-Brasileiras – Slides


Recentemente apresentei um trabalho sobre a cultura afro-brasileira, no meu grupo falamos sobre algumas danças.

Estou cursando Licenciatura em Matemática na Facimed em Cacoal-RO. Você pode ter se perguntado, o que um curso de matemática tem a ver com cultura afro-brasileira?

Neste caso, o curso em questão, está formando professores para o Ensino Fundamental e Médio, por isso é necessário ter matérias relacionadas com pessoas e com culturas. A partir da Lei Federal 10.639, as instituições de ensino fundamental e médio devem incluir a história afro-brasileira nos sues conteúdos curriculares, logo, o Ensino Superior deveria preparar professores para esta exigência, por isso se fez necessário ter a disciplina de Cultura Afro-brasileira nos cursos de Licenciatura.

Em um trabalho apresentado, meu grupo e eu fizemos um slide simples que fala um pouco da cultura da dança afro-brasileira, o link para fazer download está disponível clicando aqui: Danças Afro.

Seleção Rondônia – Aqui a nossa vida se engalana


Vale do Apertado

Olá pessoal, obrigado por visitarem meu blog. Como já havia postado no Facebook, busquei na internet essas 57 imagens e fiz esta seleção de imagens antigas e atuais de nosso querido estado de Rondônia, para nos lembrarmos e conhecer (para quem não conhece) como ele é bonito e atraente, mesmo perante o abandono por parte do governo, mas espero que vocês apreciem e compartilhem essas imagens com todo mundo.

 

O propósito do meu blog é trazer entretenimento para diversos tipos de pessoas publicando do que gosto.